Sunday, July 05, 2009

Pássaro Azul


Meu mundo estava assim, como dizer…cinza. Não, não...melhor, bege! Não, digo...preto talvez. Ok, confesso, ele estava sem cor. Passava assim, num vuco vuco, coisas bestas, à toa, mágoas, tristezas, raivas de todos os gostos e categorias. Até que você apareceu. É, lembro-me bem, era um dia assim, como dizer...cinza, meio bege, hora preto e sem cor nenhuma. Um dia, quando muito, como todos os outros últimos dias. Mas você veio tenro e pousou, azul, bem na linha do meu horizonte. Fazia muitos e muitos dias, meses, quem sabe até anos que eu não via um azul assim, tão tenro e tão multicor. Eu achava que conhecia o azul - que há muito deixara de existir em meu mundo- até você aparecer voando assim, sem rumo esbarrando no mundo. E ainda bem que era o meu mundo.
O cinza foi tornando-se verde, o bege tornou-se amarelo, o preto virou violeta-avermelhado e da suas asas azuis furta-cor surgiram todas as demais cores que antes estavam faltando. Fiquei, como posso dizer...Boba. Nunca havia visto tantas cores na minha vida. Cheguei a pensar por muito tempo que todas as lágrimas corridas dos meus olhos tinham levado consigo a minha capacidade de enxergar colorido! Que surpresa agradável estava então acontecendo...
No entanto, tenro como chegou, suavemente partiu embalado pelas brisas leves da primavera que se aproximava. E levando embora debaixo de suas asas, foi-se todo meu inverno que eu pensei que seria eterno.
Não, não vou te prender, meu pássaro azul, que não é meu nem de ninguém. Sei que o seu azul em uma gaiola não tardar ficaria sem vida.Quero você livre para voar colorindo outros mundos tão acinzentados como era o meu. Quero o seu azul furta-cor colorindo o universo inteiro.
O melhor presente você já me deu: foi me trazer de volta a uma vida que eu achei que não era mais minha...

4 comments:

Antonio Araújo Jr. said...

me emocionam escritos sobre pássaros e as lentes coloridas que eles trazem.

Talita Prates said...

"Pequena Salamandra", obrigadíssima pela visita!
Volte sempre, serás bem-vinda.
;)
Paz.

Gabriel said...

Saudações da Marte.
Que o inverno seja quente e aconchegante.

Jana said...

eu ando sem esperança no que se refere a pássaros

beijos