Saturday, November 15, 2008

Não, não me falem. Hoje, somente hoje, não lhes falarei. Guardo minhas palavras, o ressoar da minha voz, para mim mesma. Hoje, somente hoje, não abrirei a janela, não sairei de casa, não atenderei ao telefone. Hoje, darei atenção as minhas paredes, não ás paredes que me cercam fisicamente falando, mas minhas paredes da alma. Hoje farei a minha reforma, colocarei alguns quadros bonitos, consertarei algumas rachaduras aqui e ali, passarei a vassoura embaixo da cama e colocarei pra fora um lixo recheado de lembranças antigas e doloridas. Hoje, abrirei minha janela e afinarei meus ouvidos para escutar o que eu me tenho a dizer. Faz tanto, mas tanto tempo, no não tenho tempo pra me ouvir cantar, respirar, chorar, sonhar. Hoje darei aquela boa espreguiçada e deixarei meu corpo se estender preguiçoso embaixo das cobertas de sonhos quentes e macios. Foi colocar tudo no lugar e hoje, somente hoje, escolho ficar sozinha para poder ficar um pouco a mais comigo mesma.

1 comment:

Danielle ;) said...

Concordo..Todo mundo tem que dar um tempo para si mesma..! ;D